quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

O ano passa



O ano passa...
Lola

Pois é
Tudo passa
Esta é que é
Toda a graça

Agora 
É hora
De passar o ano
Por ora

No ano que vem
Vem mais um ano
Para passar também

E passa!
Tudo passa.
Esta é que é
Toda a graça!


Pois é!

domingo, 13 de dezembro de 2015

Saudação de anjo é tudo de bom





Saudação de anjo é tudo de bom


Diz a saudação do anjo a Maria:

“Que a paz esteja contigo.
Tu és muito abençoada.
O Senhor está contigo”

Que o anjo de Deus,
O Anjo Gabriel,
Também nos saúde assim,
Nesta noite de Natal

Saudação de anjo é tudo de bom!

Saudação de anjo
É tudo de bom
Porque anjo
Esbanja bênção

E bem como Maria
Recebeu naquele dia
A bênção de um anjo
Também a gente recebe
Também a gente concebe
O Menino Jesus

É só querer
É só crer

Sim

Que a paz esteja com a gente
Somos gente abençoada
Se nos colocarmos
Lado à lado
Ao lado do Senhor

E o Senhor Deus
Está ao nosso lado
Se estivermos
Ao lado do menino na estrebaria
Ao lado de José e Maria,
Nos colocando ao lado
De quem mais padece
De quem não merece
Muitas veze,
Na grande maioria das vezes,
As honras deste mundo...

Nos coloquemos junto do menino
Pequenino
Colocando-nos
Junto aos pequeninos
E pequeninas
Nas esquinas
E becos
Desta vida

É a missão que o menino
Depois de crescido
Nos dá

Grande missão
Que vai até
Onde tiver
Uma situação sofrida

Que vai até
Onde tiver
Uma vida em perigo

Que vai até
Onde tiver
Uma pessoa disposta
A dizer como disse Maria:
“Aqui estou
Para o que der e vier!”

Saudação de anjo é tudo de bom!


Feliz Natal!



terça-feira, 8 de dezembro de 2015

Tempo de Natal

                                                           
                                                          
                                                       *
É
Tempo
De Natal
Tempo de Natal
É tempo de nos fortalecer
Para ter sempre mais tempo de Paz
E
Tempo
De Natal
É tempo de deixar
Jesus agir no nosso tempo
Para que possamos ter tempos de Paz
Em
Todos
Os tempos
De janeiro a dezembro
Na primavera, no verão, no outono
E também no inverno de todos os tempos
Feliz
Natal
Sempre
(Lola, Natal 2015)

terça-feira, 24 de novembro de 2015

Mesquinharia



MESQUINHARIA
Lola

Quando uma mesquinharia
(uma ninharia)
Define o raiar do dia,
O resto do dia já era
Impera mais mesquinharia
(mais ninharia)
Para o resto do dia

Ademais
Há tanta mesquinharia
(tanta ninharia)
Para acabar com o raiar do dia
E mais o resto do dia
De tantos dias...

Mas...
Há tanta alegria
Para definir
O raiar do dia
E o resto do dia
De tantos dias:

Parceria
Braços dados
Doados 
Empenhados  em acabar
Com tanta mesquinharia
(tanta ninharia)
Para que o raiar do dia
Seja repleto de alegria
Para o resto do dia
Para o resto dos dias

Adeus, mesquinharias!

(ninharias...)

sábado, 21 de novembro de 2015

Magia



Magia
Lola

Cada anoitecer
Faz transparecer
Um novo amanhecer

Enfim
É assim
Que sempre foi
E será

Haverá um novo dia
Depois que o dia
Se desfez
Em por do sol
Como agora
Que o vejo
Lá fora

É hora
De fim de dia
Mas a aurora
Se anuncia
Na esperança
De cada dia


Magia!!!

terça-feira, 27 de outubro de 2015

Feminicídio, mais um!



Mais um feminicídio em minha cidade:
Jociele Daiane da Silva Santos foi assassinada barbaramente 
pelo companheiro. Seu corpo foi queimado e concretado em uma churrasqueira.
Não consigo parar de perguntar:


Feminicídio. Mais um!
Lola


Será que mais uma vez
Vamos cruzar os braços
E não dizer nada?
Não fazer nada?
Não ser nada?


Será que mais uma vez
Vamos deixar que a morte
Comemore sua vitória
Enquanto que a vida chora!
Chora!
Chora!

quinta-feira, 8 de outubro de 2015

Alerta!



Alerta!
Lola


De decepção
Em decepção
O coração vira
Chão inerte
Deserto

Desperta, amor!


Alerta!

segunda-feira, 21 de setembro de 2015

Tim-tim!





Tim-tim!
Lola

Como assim?
Tim-tim por tim-tim!!??
Assim?

Tem fim!
Fim bem!
Tem!
Bem!


Tim tim!

quinta-feira, 3 de setembro de 2015

Lusco-fusco


Lusco-fusco
Lola

No lusco-fusco
Do anoitecer
Busco a essência
Do entardecer

E no lusco-fusco
Do amanhecer
Rebusco a essência
Do meu viver
Lusco-fusco  

terça-feira, 25 de agosto de 2015

Tu és mais!?





TU ÉS MAIS!?
Lola, 29.07.2015

Tu és mais
Porque és rica(o)?
És demais!!?

Tu és mais
Por que és branca(o)?
És demais!!??

Tu és mais
Por que és bonita(o)?
És demais!!??

Tu és mais
Por que és “normal”?
És demais!!??

Tu és mais
Por que és homem?
És demais!!??

Tu és mais
Por que és hétero?
És dmais!!??

JAMAIS!!!

Há exclusão demais
Por ser pobre
Por ser negra(o)
Por ser especial
Por ser mulher
Por ser feia(o)
Por ser homo-afetiva(o)

HÁ EXCLUSÃO DEMAIS!!!

Nada justifica
A exclusão
Jamais!

Nada impede
A inclusão
Jamais!

Somos mais
Por que somos iguais!


ISTO É DEMAIS!!!!

segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Eu posso!




Eu posso!
Lola


Pé à pé
Até 
Eu puder

Passo à passo
Eu posso!

E passo...

... se Deus quiser!

quarta-feira, 5 de agosto de 2015

Ser avó






Ser avó
Lola


Ser avó
É ser mãe ao quadrado
Num lambuzado só

Puro melado
Babado.

Ai,

Que coisa boa!

terça-feira, 16 de junho de 2015

Amada Segunda Jornada.




Amada segunda jornada
(Lola)

Segunda Jornada!
Ah, amada
Segunda jornada!

A mulher foi para fora
O homem ainda não veio para dentro.

A mulher já foi
Falta o homem vir
Para repartir
O compromisso mais gratificante
O mais importante:
A amada
Segunda jornada

Ah, amada
Segunda jornada!!!

Vem, companheiro amado.

Vem!

domingo, 31 de maio de 2015

Mesas postas





Mesas postas
Lola

Nuvens carregadas
Pesadas de chuva
São a perspectiva
De dias melhores

Roças semeadas
Plantadas de verde
São a esperança
De abundância sobre a mesa

Paióis cheios
Recheios de fartura
São alívios
Pro futuro

Mesas postas
Proposta de distribuição
Do pão e do vinho
Caminho

De libertação

segunda-feira, 18 de maio de 2015

O teu bichinho



O teu bichinho
Lola

Como não
Dar atenção
Ao teu bichinho
Que tu prendes
Junto a ti?

Como não
Dar carinho
Se seu destino
É te pertencer?

Como não
Dar respeito
Se pro pobre bichinho
Não tem outro jeito
De viver

Se ele tem que te aguentar
Pra te realizar
Que ele também seja
Realizado
Acompanhado
Acarinhado

Amado!

(na foto, a minha Prenda)

domingo, 10 de maio de 2015

Coração de mãe, um coração humano





Coração de mãe, um coração humano
Mãe Lola

Quem disse
Que coração de mãe
Tudo suporta?
Que não importa a dor
Seja o que for
Que por amor
Coração de mãe
Tudo suporta?

Meu coração
É um coração de mãe
E nem por isso
Tudo suporta

Coração de mãe
É coração humano
E bem por isso
Nem tudo suporta

Quem disse
Que no coração de mãe
Sempre cabe mais alguém?
Que seja quem for
Que seja por amor
Sempre cabe mais alguém?

Meu coração
É um coração de mãe
E nem por isso
Sempre cabe mais alguém

Coração de mãe
É coração humano
E bem por isso
Pode não caber
Mais ninguém

Sim
Coração de mãe
É coração humano

Desumano seria
Que toda mãe
Teria que ter
O poder de super-mulher

Desumano seria
Que toda a mãe
Teria que ser
Mais que mulher

Desumano seria
Se toda a mãe
Não poderia
Ser só mulher

Quem disse
Que coração de mãe
É mais
Do que um simples

Coração de mulher?

terça-feira, 5 de maio de 2015

É a poesia profecia



É a poesia profecia
Lola

É o poesia
Profecia
Que denuncia a guerra
- esta que emperra a paz

É a poesia
Profecia
Que anuncia a paz
- esta que emperra a guerra

Pois
Denunciemos
Poetizando
Profetizando

Pois
Anunciemos
Poetizando
Profetizando

E a guerra acabará!

E a paz reinará!

Oiiii! Que bom que estás aqui comigo. Valeu!

Oiiii! Que bom que estás aqui comigo. Valeu!
Muito obrigada pela visita. Volta!