terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Quando na véspera nasce um neném...






Quando na véspera
nasce um neném...
(Lola)


Quando na véspera
nasce um neném,
A casa pára
Tudo pára
Para o neném
São baixadas as vidraças
São fechadas as portas
Tudo  para o neném

Esta noite
Nasceu um neném
A nossa casa pára
Para este neném?

Não estamos nós
Pelo contrário hoje
Neste dia de Natal
Escancarando todas as vidraças?
Por onde passa
Todo o vento do mundo?

Vento de raiva
Vento de competição
Vento de violência
Vento de conspiração
Contra a irmã, o irmão
Contra a natureza
Contra a vida... ?

Quando na véspera
nasce um neném
A família pára
Tudo pára
Para o neném
São esterilizadas as roupas
São purificadas  as louças
Tudo para o neném

Esta noite
Nasceu um neném
A nossa família pára
Para este neném?

Não estamos nós
Pelo contrário hoje
Neste dia de Natal
Sujando todas as roupas
Lambuzando todas as louças
Num banquete todo especial?
Como manda o natal comercial?

Banquete de luxo
Banquete de sobra
Banquete pro lixo
Gente vira bicho
Quando no Natal
Deus se faz gente
Para a gente
Ser mais gente...

(Louraini Christmann, Lola
In Celebrando em Poesia, pág.45)

11 comentários:

  1. Boa tarde, Lola. Estou retomando aos poucos as minhas atividades no blog e no face em virtude de motivo de doença na família e comigo.
    Pouco a pouco estou visitando os blogs amigos.
    Quanto ao seu poema, belo, preciso e real.
    Não vivemos na maioria um natal com seu significado próprio e sim um natal onde impera a hipocrisia.
    Há festa, há o falso perdão, para dias depois voltar a ser tudo como era antes, infelizmente.
    Ainda bem que, existem as pessoas que valorizam a data como sendo os 365 dias do ano vivido.
    Não somos perfeitos e nem seremos, mas não podemos materializar os nossos sentimentos e esquecer que Jesus é quem deveria ganhar todas as honras da festa.
    Parabéns, Lola.
    Tenha um 2013 de paz e amor.
    Que seu natal, que o nosso natal seja diário.
    Beijos na alma e obrigada pelo seu carinho.

    ResponderExcluir
  2. Oi lola

    É isso aí, a turma começa a beber e comer churrasco e se perguntarmos o que estão comemorando ele riem da nossa cara: " comemlando o quê"?
    Natal é reflexão, não gosto de ganhar presentes e o almoço é o mais simples da semana.
    A semana do Natal é para reflexão da nossa vida.
    Linda a poesia
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  3. Lola, Feliz Natal e que estejas feliz juntamente aos seus, são meus sinceros votos!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Te ha salido una radiante y entrañable Poesía...¡¡¡Una maravilla!!!...Casi coincidimos con el Tema.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  5. Bela poesia...Espectacular....
    Votos de Boas Festas....
    Cumprimentos

    ResponderExcluir
  6. Minha linda companheira de lutas ...que verdade gigante ...que bela consciência ...bom mesmo seria se todos entendessem porque a criança que chega em todo natal nasceu na manjedoura...para nos dizer que para ser feliz se precisa de muito pouco..basta se doar ao serviço ao próximo ...basta lembrar dos necessitados ...basta não viver simplesmente o clima da luxúria ...e o Amor florescerá...um beijo Pedro Pugliese

    ResponderExcluir
  7. ah! um nascimento é um presente da vida!
    adorei seu blog, tudo muito lindo!!!
    sou sua seguidora fiel!!!
    abraços

    ResponderExcluir
  8. “Em algum lugar sobre o arco-íris
    Pássaros azuis voam,
    E os sonhos que você sonhou
    Sonhos realmente se tornam realidade.”
    Que as suas energias iluminem o seu caminho e tragam um novo amanhã!
    Desejo-lhe um feliz natal e um abençoado ano em 2013.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. …....... /)
    ……... ( , )
    ….….|░░░|
    ……..|░░░|☆ Feliz _(♥)_
    …..@|░░░|¸.¤“˜¨Navidad.
    .¨˜“¤|░░ഐ¤ª@“˜¨¨y
    …¨˜“გª¤.¸::¸.¤ª☆“˜¨¨Año Nuevo.
    …¤¸*¸.¤ª“˜@¨¨¨***2013****.
    *♥*.MaRiBeL.*♥*

    ResponderExcluir

Oiiii! Que bom que estás aqui comigo. Valeu!

Oiiii! Que bom que estás aqui comigo. Valeu!
Muito obrigada pela visita. Volta!