domingo, 14 de setembro de 2014

Fazendo o meu chimarrão




Fazendo o meu chimarrão
Lola

Não cabe em mim
A alegria
Quando ao nascer do dia
Assim me ajeito
Do meu jeito
No meu espaço
Quando assim
Enfeito o meu espaço
E faço
O meu chimarrão

E a minha mão
Aqui
Pertinho do coração
Se ajeita...

É o jeito que dou
Quando assim estou
Tomando o meu chimarrão

E o meu galpão
Que nem mais tem telhado
Faz telhado
Do céu todo estrelado

É o legado bonito que tenho
Quando aqui venho
Tomar o meu chimarrão

Chimarrão bendito

Tenho tudo

Tenho dito!


6 comentários:

  1. Muito linda a poesia e o hábito do chimarrão. Eu sou gaúcha fajuta,mrs Não tomo chimarrão, pode? bjs, chica

    ResponderExcluir
  2. Momento de pura magia consigo mesma. Lindo domingo querida. Bjs

    ResponderExcluir
  3. Oi, Lola...que linda declaração de amor ao delicioso chimarrão...chega a dar inveja do sentimento gaúcho de pertencimento à terra e aos seus costumes.Me faz lembrar cafezinho caboclo de nossas plagas (rs)
    um abraço

    ResponderExcluir
  4. Querida amiga

    Às vezes as palavras
    se escondem em nossas vidas.
    Então,
    saímos em busca de inspiração
    nos lugares onde a amizade
    se faz preciosa,
    (lugares como este)
    pois são os amigos
    que guardam as melhores
    palavras de nossa vida,
    para nos devolver e inspirar
    quando estivermos distantes
    de nós mesmos...

    Obrigado por sua generosa amizade...

    ResponderExcluir
  5. Olá, querida Lola
    Já tomei chimarrão quando estive num passeio pelo sul... é bem gostoso e gosto de ervas amargas...
    Poetar como o nosso usual em forma de carinho é bem louvável...
    Bjm fraterno

    ResponderExcluir
  6. Oi, Lola
    As minhas férias terminaram… e para assinalar o seu fim publicarei um post, logo, à meia noite. Fico-te aguardando.

    Que pena... não sei o que é "chimarrão"... Quer me explicar?

    Um beijo com muito carinho.
    Miguel

    ResponderExcluir

Oiiii! Que bom que estás aqui comigo. Valeu!

Oiiii! Que bom que estás aqui comigo. Valeu!
Muito obrigada pela visita. Volta!