segunda-feira, 24 de julho de 2017

E a vida continua




E a vida continua
Mãe Lola, 21 de julho de 2017

E a vida continua
Agora sem a tua

A vida vai embora
Em horas
Em dias
Embora eu não queria aceitar
Que foste embora
Que agora
A minha vida continua

Sem a tua...

46 comentários:

  1. Olá, Lola!
    O teu poema, "E a vida continua" é um belo canto, mas contém a tristeza da mão que perdeu o seu querido filho, ainda tão jovem, contrariando a regra da vida. No teu canto dizes que a tua vida continua sem a vida do filho. Pode haver dor maior?
    Meu forte abraço, minha amiga Gaúcha.
    Pedro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lola, neste meu comentário acima, quis dizer: (...) contém a tristeza da mãe que perdeu o seu querido filho, ainda tão jovem, contrariando a regra da vida.
      Um abraço.
      Pedro

      Excluir
  2. É preciso ganhar forças, às vezes nem se sabe bem onde. Ficou bonito o poema, cheio de sentimento! Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Triste constatação, mas real. beijos, fica bem,chica

    ResponderExcluir
  4. E continua, e continua, e continua...
    Às vezes penso: se tivéssemos a absoluta certeza de que eles continuam vivendo em outro lugar, nos sentiríamos consolados?

    ResponderExcluir
  5. Triste, querida amiga, mas são as lágrimas do coração...
    Beijo, meu carinho.

    ResponderExcluir
  6. Es un gran dolor lo que tus palabras nos dicen, es una de las traiciones que tiene el vivir, pero, nunca sabremos por qué ese final inesperado, quizás fuera un ángel que Dios quisiera tener a su lado y que te esperará y que es seguro que no querría verte sufrir.

    Besos. Franziska

    ResponderExcluir
  7. E é preciso coragem, às vezes, para continuar...
    Uma boa semana.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Olá, a saudade sempre vai existir mas a vida continua, na situação dolorosa, mesmo com infelicidade temos que viver a vida e acompanhar o que nos impõe.
    AG

    ResponderExcluir
  9. Estimada amiga, Lola, na verdade não tenho, nem jamais tive filhos, como tal não sei em objectivo o que é a perda dum filho. No entanto já perdi seres muito, mesmo muito queridos, como para por exemplo saber que há dores que o tempo pode atenuar e/ou dissipar em grande medida mas que jamais pode ou sequer deve apagar no seu todo. Ainda que também, por qualquer dual natureza da própria vida, se acaso e como desejavelmente não sucumbirmos à própria dor, esta última segundo a sua profunda e genuína essência, como no limite a derivada do "desaparecimento" dum filho, pode transmutar-se numa expressão de vida em si mesma da parte de quem dolorosamente fica, que como tal pode perpetuar a melhor recordação e/ou por si só a vida de quem se foi, como creio ser o que faz a estimada Lola, nesta sua expressão poética, se assim se pode dizer, como uma sua expressão de vida própria, derivada da vida e respectiva eterna recordação do seu naturalmente estimado filho, prematuramente desaparecido.
    Esperando ter-me feito entender, deixo um abraço de muita e solidária estima.
    VB

    ResponderExcluir
  10. A Vida continua, aqui e "lá", acredito piamente nisso, portanto ele só ficou invisível aos olhos carnais, mas a alma, o espírito, ah, sabe bem disso!
    Abraços apertados e beijos!

    ResponderExcluir
  11. Ay, Lola, qué bonito escribes. ¿Qué lengua hablas que de tal manera emociona mis sentidos?
    Gracias por visitarme.

    ResponderExcluir
  12. Oi, Lola, a vida continua, transpõe o espaço e o tempo o amor não muda apenas adormece... a vida continua e o amor sempre permanece.Fica em paz! Vive com seu filho em sua alma e em seu coração.
    a saudade é também um ingrediente de cura.
    Um abraço





    ResponderExcluir
  13. Embora seja muito difícil a vida continua.
    Muita força Lola para continuar a sua caminhada.
    Beijinhos
    Maria de
    Divagar Sobre Tudo um Pouco


    ResponderExcluir
  14. Bom dia amiga!
    Desculpe minha ausência é que fiz uma cirurgia e logo em seguida meu marido teve que fazer duas de emergência e tive que ficar afastada do PC.
    estamos bem graças a Deus.
    Aos poucos estarei voltando, beijinhos no coração.

    ResponderExcluir
  15. penso que não deve haver dor maior do que essa.
    mas, preciso continuar e pensar que no céu um anjo vela por si.
    boa semana...
    beijo

    ResponderExcluir
  16. Bom dia Lola, com toda a dor que sentes, a vida tem que continuar, outros precisam de ti!Com certeza seu filhote está em Paz em sua nova morada.
    Tenha um domingo leve.

    bjss1

    ResponderExcluir
  17. A vida continua, sim, amiga, mesmo com nossa dor e saudade, a vida segue!

    Você é forte e nos inspira.
    Beijinhos e bom domingo!

    ResponderExcluir
  18. Olá, querida Lola!

    Pois, a vida continua, falo genericamente, mas sei que você, muitas vezes, sobrevive.
    Lembre os bons momentos com seu filho e os torne "realidade" diariamente.

    Beijos apra ambos.

    ResponderExcluir
  19. A dor torna-se eterna porque o Amor é eterno.
    O que sentes torna-te fiel ao que já sentias.
    Mantém a Vida em ti.


    Beijo
    SOL

    ResponderExcluir
  20. Um belo e triste poema escrito com o coração da mãe que perdeu seu filho.
    Um forte abraço,Lola.
    Pedro

    ResponderExcluir
  21. Passando para te ler e deixar um beijo!
    Uma feliz continuação de semana!
    TL

    ResponderExcluir
  22. Olá, querida Lola!

    Passando pra saber de você e te desejar ânimo, mto ânimo.

    Beijos e bom mês de setembro. A Primavera está quase chegando e a vida renascendo.

    ResponderExcluir
  23. E a vida... é mesmo isto... prosseguir caminho... com tudo o que ela tem para nos oferecer... e retirar... e como a vida tem os seus próprios planos, e desígnios para nós... quando ela nos retira algo... será para nos oferecer algo... mais à frente, do nosso percurso... que nós nem sonharíamos... se não fossemos obrigados a mudar de caminho, por vezes...
    Força e coragem, Lola! Tudo tem um propósito... que a vida apenas nos vai revelando a cada dia que passa, um pouco mais...
    Um beijinho e um abraço super apertado!
    Ana

    ResponderExcluir
  24. Olá, minha querida!
    As vezes é preciso coragem, muita coragem, pra seguir em frente...
    Só Deus para dar o consolo necessário, ele dá Lola.
    Um beijo no seu coração. Fiquem bem!
    Semana de paz pra você!

    ResponderExcluir
  25. IN this world loving a person gradually turn into a stair of love towards the" Actual One" the CREATOR who loves us most and blessed us with everything we take granted even a one whom we love and make center of our attention .

    My dear friend, Sorrow lessens when you turn your eyes to those who were not lucky to have one whom they can love or one who can love them for a while or what about those unfortunate who don't have ability to love .

    Life is extremely short and unpredictable stay blessed with serenity of moment you have in your hands right now ,count the blessings you have and pay gratitude . pry for futur ,he (Who Left)will be at peace when see you as strong and positive in life trust me

    ResponderExcluir
  26. I cannot find suitable words to express my feelings as i just got into my knowledge that your precious son has left towards God who loved him more than you .
    i wish and pray that may God bless you with strength and courage to bear this and moving on .Hugs to you my friend

    ResponderExcluir
  27. A vida continua, claro, mas nem sempre é fácil que isso aconteça sem os que já partiram.
    Bom fim de semana, amiga Lola.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  28. Olá amiga!
    Minha visita hoje é para lhe trazer um pouco de carinho, deixar meu abraço, me desculpando por não comentar sua maravilhosa postagem. Hoje o reumatismo atacou minha coluna, estou péssima para escrever. Vou seguindo a vida, um dia sorrindo outro dia mais tensa, o importante é estar viva.
    Lhe desejo um fim de semana de muita paz, saúde e felicidade. Deixo esse pensamento do Padre Fábio de Melo,
    “A vida é fruto da decisão de cada momento. Talvez seja por isso, que a idéia de plantio seja tão reveladora sobre a arte de viver.
    Viver é plantar. É atitude de constante semeadura, de deixar cair na terra de nossa existência as mais diversas formas de sementes...”
    Abraços, permanece com Deus.

    ResponderExcluir
  29. Olá, queria Lola!

    Gosto de te ver no meu blog e nos outros, também. Gosto de te sentir viva, animada e com esperanças.
    Um dia tu e teu amado filho se reencontrarão, embora não saibamos como. Não aceites falsos paliativos, porque tu és uma mulher inteligente.

    A vida e a morte têm de ter uma finalidade e o mundo, como podes observar, está caótico e de rastos. Muita gente está morrendo devido a intempéries, furacões, segredos da mãe natureza, que ninguém sabe prever.

    Pensa, "Mãe" Lola! Qual é o pai ou mãe, normais, que permitem a morte de um filho? Pois, deus, o altíssimo, dizem, permitiu.

    Um grande beijo e um vasto abraço.

    Uma semana mto luminosa, querida!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, minha querida!

      Sei que és teóloga, assim o diz teu perfil, mas há situações, que devemos questionar. As dúvidas e a tentativa de as esclarecer o mais aproximadamente da razão, da verdade é nosso dever, independentemente da crença que professamos.

      Sabes, quero te ajudar, mesmo que para isso sintas que te estou "abanando". É verdade, é isso mesmo!

      Qdo te for possível, ou melhor, rapidamente, consulta o blog do Pedro Aurélio Teixeira, que já sigo há algum tempo e que se chama: Eu sabia, e tu sabias? É provável, que fiques alarmada, desconfiada, tal como eu fiquei, mas depois, essa sensação desaparece e surge o esclarecimento fundamentado. Sabes, "Mãe" Lola, só os ignorantes não mudam seus conceitos e tu não o és, de jeito nenhum. Estamos todos nesse mundo para aprendermos uns com os outros.

      Espero que digas depois de consultar o blog k te indiquei e de leres e analisares vários posts lá, está valendo a pena!

      Beijos e que teu coração alivie!

      Excluir
  30. Hola, Lola.
    Es cierto que la vida continúa, y hay veces en que se necesita una gran fortaleza, como espero sea tu caso.

    Un beso desde España.

    ResponderExcluir
  31. Boa noite caríssima Louraini.

    Por indicação de querida amiga Céu, estou aqui para conhecer o teu cantinho, mas cheguei em um momento delicado, muito delicado, mas a vida é feita de bons e maus momentos. E sempre a mãe tem que ser a fortaleza, pois se assim não fosse o mundo ruiria. Mas que fiquem sempre as boas lembranças.
    O que posso escrever?
    E o que me vem à mente é a sabedoria Apache que diz:

    Que o Sol lhe traga energia durante o dia,
    Que a Lua suavemente lhe restaure à noite,
    Que a Chuva lave todas as suas preocupações
    Que a Brisa sopre novas forças em seu Ser,
    Que seja gentil seu caminhar pelo Mundo,
    E que conheça a beleza todos os dias da sua Vida.

    Consternado estou com vossa perda.
    Recebas um respeitoso abraço e um até breve.

    ResponderExcluir
  32. Lola
    só para agradecer sua presença no meu espaço e deixar um grande abraço e um beijo.
    :)

    ResponderExcluir
  33. Passei para lhe desejar um bom fim de semana, amiga Lola.
    E volte a escrever, vai fazer-lhe bem.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  34. Olá, querida Lola!

    Foi com uma enorme e imensa satisfação que li tuas palavras no blog do Pedro. Espero que conversem muito e que partilhem vossos conhecimentos.

    Beijos, um grande abraço e bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  35. Deixando um beijinho, e os desejos de uma boa semana!...
    Ana

    ResponderExcluir

Oiiii! Que bom que estás aqui comigo. Valeu!

Oiiii! Que bom que estás aqui comigo. Valeu!
Muito obrigada pela visita. Volta!