terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Sexo frágil?




Sexo frágil?
(Lola)

Sexo frágil, eu?
E a potência que tenho
Quando vou e venho
Nas lidas da vida?

Sexo frágil, eu?

E a resistência que carrego
Quando não me entrego
Nas derrotas da vida?

Sexo frágil, eu?

E a persistência que sustento
Quando tanto eu agüento
Nas dores da vida?

Sexo frágil???


É na potências nas lidas da vida
É na resistência nas derrotas da vida
É na persistência nas dores da vida
Que é desmentida
A fragilidade da mulher

A prova é a vida
A vida comprova
A aprova

Só não vê
Quem não quer
A potência
A resistência
E a persistência
Da mulher

domingo, 24 de fevereiro de 2013

Violência contra o teu amor?







Violência contra o teu amor?!

(Lola)

Tapa
De quem tanto se ama?!

Palavrão
De quem mais se chama
De “meu amor”?!
De “meu bem”?!

Soco
De quem mais se quer?!

Ponta-pé
De quem se quer carinho
E respeito
Do jeito que prometeu
No momento do ‘sim’?!

Espancamento
No casamento?!

Não, não e não!

Usar tua força física
Contra a pessoa
Com quem tens
Comunhão de bens??!!

Não, não e não!

Largar os pés para pisar
Em quem te ajuda
a ser o que és
Em quem tu ajudas
a ser o que é??!!

Não, não e não!

Erguer a voz para gritar
Com quem te disse
aquele  ‘sim’
Diante do altar
Para o que desse e viesse??!!

Não, não e não!

Erguer a mão para bater
Quem te escolheu
para conviver
Na dor e na alegria
Até o fim
dos seus dias???!!!

Não, não e não!

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Fadada a ser Fada





Fadada a ser Fada?
(Lola)


Cerceada
Podada
Qual Fada
Sonhando ser Bruxa

Fadada a ser Fada.

Até quando?
Não sei!
Sei ser cerceada
Podada

Fadada a ser Fada!?


Eu quero ser bruxa!!

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

A cada peça que lavo...


No dia 8 de março comemoraremos 
o Dia Internacional da Mulher.

Pois nossa luta por direitos e 
deveres iguais entre homens
e mulheres será aqui tema
por estes dias. 

Faço isto em especial para 
compartilhar nossa luta com 
os companheiros homens que 
apreciam a minha poesia. 

Obrigada pela valorização deste tema.








A cada peça que lavo...
(Lola)

A cada peça que lavo
Peço a Deus que leve
Tanto mal
Para bem mais  pra lá
Do meu varal

Tanto mal
Que me faz mal
E que mal posso saber
De onde vem.

A cada peça que lavo
Peço a Deus que lave
Tanta sujeira
Que suja
Minha vida inteira
E a perspectiva
De uma maneira nova
De enfrentar a vida
Com menos peças para lavar

A cada peça que lavo
Peço a Deus que livre
Minha vida presa a este tanque

Que estanque a água
Da torneira
E dos meus olhos
Para me dar um tempo
De me recostar
E me recuperar
De tanta peça que já lavei

Peço por leveza
Para esfregar minhas mãos
Uma na outra, agora
E ver
Como estão

E perceber
Que são
Vítimas do tanque
Vítimas do sabão
Vítimas do alvejante...
Vítimas...

Eu não quero ser vítima!!!

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Mil Marias






Mil Marias
(Lola)

À sombra do pé
de Três Marias
Eu podia sonhar
Até que eu queria

E eu sonhava tanto
Rodeada por aquele
Encanto de flor
Meu canto preferido
Recanto querido

Muitos dos sonhos
Que lá sonhei
Eu realizei

Outros dos sonhos
Que lá sonhei
Não realizei

Sei que os sonhos
(realizados ou não)
Me seguraram de pé

E enquanto eu puder
Em qualquer sombra
De qualquer outro pé
De Três Marias
Estarei sonhando ainda
Sonhos de melhores dias
Para tantas Marias
Mil Marias
Para tantas
Quantas
Deus fizer nascer
sobreviver
crescer
viver

domingo, 10 de fevereiro de 2013

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

No balanço que o vento faz





No balanço que o vento faz
Lola


No balanço
Que o vento faz
Eu tento fazer
O meu descanso

O vento faz

E eu faço o que posso
No balanço
Que o vento faz

E descanso
Em paz

domingo, 3 de fevereiro de 2013

Qual é a tua magia?


Qual é a tua magia?
Lola,

Qual é a tua magia
Quando o teu dia
Te vem adverso?

A minha magia
É a poesia

De verso em verso
Desfaço empecilhos 
De verso em verso
Refaço os trilhos
E meu dia refeito
Se faz perfeito

Qual é a tua magia
Quando o teu dia
Te vem adverso?

Que seja a melodia
Que seja a pintura
Que seja a loucura
Mas que seja!

Que a tua magia
Quando teu dia
Te vem adverso
Te faça renascer
No amanhecer
De um novo dia
Dia a dia

Bom dia!


Oiiii! Que bom que estás aqui comigo. Valeu!

Oiiii! Que bom que estás aqui comigo. Valeu!
Muito obrigada pela visita. Volta!