segunda-feira, 17 de março de 2014

O poder do tempo e o meu poder



O poder do tempo e o meu poder
Lola

Tempo
Tempo ao tempo
Tempo ao corpo
Tempo à alma
Na calma
De um tempo extorquido
Da agenda
Merecido há tempos
Concedido por mim mesma
Só hoje
Mesmo que urge faz tempo...

Tempo valioso
Precioso demais
Capaz de milagres
Precioso
Poderoso tempo

Te tenho na mão agora
Outrora me tinhas
Agora te tenho


Me tenho!

8 comentários:

  1. Isso ai, amiga Lola. Um abraço. Tenhas uma linda semana.

    ResponderExcluir
  2. Nosso tempo é precioso, temos que saber usa-lo sempre.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  3. Gostei de ler sobre o tempo e seu tempo!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  4. Uauuuuu! Que poema magistral! Parabéns querida pelo maravilhoso lirismo poético.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Lindo este poema! O tempo, sempre a nos fustigar...

    ResponderExcluir
  6. O tempo é precioso,gostei imenso destes versos!! Beijinhos fofinhos!! http://sandrasofiaafonso1.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  7. Olá poetisa, quão belo e grandioso é o tempo em sua inspiração, parabéns pela poesia! Abraços!

    ResponderExcluir

Oiiii! Que bom que estás aqui comigo. Valeu!

Oiiii! Que bom que estás aqui comigo. Valeu!
Muito obrigada pela visita. Volta!