domingo, 11 de novembro de 2012

Este mundo lá fora







Este mundo lá fora
(Lola)

Neste mundo lá fora,
falta tanto amor.
Aliás,
Fala-se de amor
com muita facilidade,
mas vive-se o amor
com muita dificuldade.

Neste mundo lá fora,
falta tanta justiça.
Aliás,
em nome da justiça,
injustiças são feitas.

Neste mundo lá fora,
falta tanta fidelidade.
Aliás,
ser infiel ao cônjuge hoje
é ser fiel ao caos de hoje.

Neste mundo lá fora,
falta tanta paz.
Aliás,
se faz guerra
em nome da paz.

Ah, este mundo lá fora...

EU SOU PARTE DELE!!

20 comentários:

  1. Oi Lola!
    Poesia linda e verdadeira
    Você é fantástica, agora não saio mais daqui.
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  2. A semente do amor nunca morre mas é preciso terra fértil e cuidados...não podemos esmorecer
    e tentar fazer a nossa parte.Achei interessante a falta da letra a como mensagem da ausência daquilo que precisamos cuidar, o amor.
    Estou acompanhando o seu trabalho poético com muito gosto.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  3. Com toda certeza se tivessemos um mundo de mais amor ele seria bem melhor de se viver,,,,mais humano.....beijos e uma bela semana pra ti amiga...

    ResponderExcluir
  4. En este Mundo de allí Fuera existe mucha Teoría y poca práctica, a pesar que en nuestro interior esos conceptos están latentes desde nuestros inicios.
    Preciosa Poesía.
    Un abrazo.

    ResponderExcluir
  5. Hola Lola: La verdad es que en la vida hay mucha falta de amor, y ello nos lo hace ver con tantas cosas raras que se están viviendo. El amor, es la gasolina de la vida, sin él no hay posibilidades de llegar a la cumbre.
    Un abraciño,
    Rosa María Milleiro
    http://poemas-rosamariamilleiro.blogspot.com.es

    /

    ResponderExcluir
  6. Bom dia Lola.
    Vivemos as contradições desse mundo né amiga? Não tem como fugir. Um ótimo domingo. Super beijo
    Gracita

    ResponderExcluir
  7. Por isso, quero que o mundo lá fora intrometa-se o menos possível com meu mundo cá dentro. Não aguento. Lindo pensar!

    ResponderExcluir
  8. Boa noite, lindo e verdadeiro, o mundo lá fora está de mal a pior, tanta coisa errada, quem dera se pudesse consertar,mas faço a minha parte querida linda semana bjs da Leila

    ResponderExcluir
  9. Este mundo lá fora também é parte do nosso compromisso com a vida.Vale refletir! Belo texto.Parabéns!
    Preciosa semana .Bjs.Eloah

    ResponderExcluir
  10. ... Alias.... ser fiel ao cônjuge pode ser um caos, mas ser fiel ao amor dele é digno de notoriedade e maturidade!

    belo post

    bjsMeus
    Catita

    ResponderExcluir
  11. ░░░░░░░░░░░░░░░░░░░░░░
    ░░░▄██▄██▄░░▄██▄██▄░░░
    ░░░▀██▄██▀░░▀██▄██▀░░░
    ░░░░░▀█▀░░░░░░▀█▀░░░░░
    ░░░▄░░░░░░░░░░░░░░▄░░░
    ░░░░▀▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▀░░░░

    Vine a visitar tu blog... y a dejarte una sonrisa.

    B E S O S
    K I S S
    P E T O N E T S

    ResponderExcluir
  12. O Mundo lá fora é fruto do mundo interior de muitos seres humanos.
    Bjs. Lola.
    Gostei muito.

    ResponderExcluir
  13. O mundo lá fora é reflexo do mundo cá dentro. E o caos disseminado diante de nossas vistas não é mais do que o efeito do caos que anda destruindo tudo dentro da gente. O amor passou a ser, na boca de muitas pessoas, quatro letras. Não mais que um amontoadinho de letras da nossa língua. Sem significado, perdeu seu campo semântico. Tudo anda perdido.
    Mas, como fazemos parte desse mundo lá fora, podemos ainda consertar o mundo cá dentro e refletir outro futuro nessa estrada que não termina.
    Bela reflexão, Lola! Gostei.
    Tenha uma boa semana e um abraço!

    ResponderExcluir
  14. Oi Lola! Belo poema, além de triste e realista. Mas observar esta realidade e desta maneira é privilégio de poucos, daqueles que têm alma de poeta. Gostei muito. Abraços!

    ResponderExcluir
  15. uma forma poética de definir a situação complicado da nossa terrinha. beijos :)

    ResponderExcluir
  16. Boa tarde querida, gostei do texto. Mas com a graça de Deus, podemos fazer a diferença,e agirmos de modo diferente. Beijos! Fernanda Oliveira

    ResponderExcluir
  17. Minha amiga querida companheira de tantas batalhas...desculpe só agora te ver pois estive doente e só ontem a tarde comecei a reorganizar a vida...Mas pronto já estou contigo...Agradeço seu carinho lá no blogger...viu ....Estou contigo e seu poema é lindo viu ..um grande abraço do Amigo Pedro Pugliese

    ResponderExcluir
  18. Tem selinho pra você no meu blog...uma semana abençoada!!!
    Beijos da Nana
    http://nanamaniadeartesanato.blogspot.com.br/2012/11/premio-dardo-oferecido-pela-amiga-edna.html

    ResponderExcluir
  19. SU TEXTO ES UNA GRAN REFLEXIÓN QUE NOS INVITA A DESPERTAR CONSCIENCIA. UN PLACER VISITAR SU ESPACIO.
    UN ABRAZO

    ResponderExcluir

Oiiii! Que bom que estás aqui comigo. Valeu!

Oiiii! Que bom que estás aqui comigo. Valeu!
Muito obrigada pela visita. Volta!