sexta-feira, 30 de março de 2012


Estou em ti





Te tenho em mim

Quando assim

Mesmo longe de mim

Estás em mim

Porque sei

Enfim

Que estou em ti

quinta-feira, 29 de março de 2012


Saudade  






A saudade
É a gente que faz
Quando faz amizade

Mas só sente
Quando a gente
Se vai
Ai, saudade!
É na lembrança
De tanta alegria
E realização
Que será muito bom
Sentir a saudade
E a saudade
Igual a amizade
Só sente quem tem
Amor de verdade

quarta-feira, 28 de março de 2012




NÃO É QUALQUER SORTE








Não é qualquer sorte
A sorte de Jesus

Revés

Ao Invés de coroa de rei
Teve coroa de espinho
E eu sei

Que espinho dói.


Não é qualquer pena

a pena de Jesus

É pena de morte

E não é qualquer morte
A pena de morte de Jesus

É morte de cruz!










terça-feira, 27 de março de 2012









 Acorda!
Dá corda pra tua energia
Já é dia!
E o teu dia
Vai ter a corda
Que tu deres
Vai ter a energia
Que tu quiseres

Acorda!
Não importa a noite mal dormida
Importa a nova vida
Do teu novo dia
Importa a energia
Que deres ao teu dia
Importa a corda que deres!

Acorda!





sábado, 24 de março de 2012



A vida é assim



...a vida é assim...

Linda alguns dias

- abençoados dias no colo de Deus

Nem tão linda outros dias

- abençoados dias no colo de Deus –

Mas sempre na garantia

Do colo de Deus



Feliz dia

No colo de Deus!


Em cada abraço





Em cada abraço
Faço mais fortes
Meus braços
Para mais abraços
Faço mais fortes
Meus laços
Para mais laços

Faço mais forte
A minha vida
Para enfrentar
A morte de abraços
Em nosso meio
Cheio de cotoveladas

Cotoveladas:
Falência de abraços...

sexta-feira, 23 de março de 2012









Não canto só!



Que se dane o canto

Se nem o canto dos passarinhos

Me encanta mais.



Daqui, do meu canto

Espanto até

O canto do galo



Falo!

Grito!

Apito!

Mas não canto.



Não canto

Enquanto não tiver

A tua voz

Pra nós

Cantar à dois



Depois...

Haja voz!



Vem!


quinta-feira, 22 de março de 2012


























Minhas muralhas.


Muralhas vistas de fora

São empecilho



Vistas de dentro

São proteção


Mas que bom

Que tem portão


Que bom

Que tem também sabedoria

Pra saber o dia

E a hora

Pra abrir o portão

E ir pra fora

E receber de fora


Mas agora

Preciso voltar pra mim

Preciso, assim, fechar o portão

Pra dar conta de mim

Pra ficar por conta

Assim

Em mim

Pra mim

E poder, enfim

Abrir o portão outra vez

De vez em quando

Quando eu quiser

E souber a vez.

 

 




 

quarta-feira, 21 de março de 2012


Tenho que ir

(Lola, 29.12.07)



Vou

Não sei pra onde

Mas tenho que ir

Se não for

Irei também

Mas pra bem longe de mim

E não serei mais

Dona de mim

Não irei mais

Pra dentro de mim

Ficarei

Fora de mim

Sem mim

E estarei

Contra mim

terça-feira, 20 de março de 2012

Corpo

Te tenho
Te sou
Somos corpo...?
Sou corpo!
Sim, sou corpo
E estou carregado
Maltratado
Por mim mesmo, corpo
Mesmo sabendo
Mesmo vendo o resultado
Em mim
Sentindo, enfim...

Ai de mim, corpo!

sábado, 17 de março de 2012








Grama verde e vasta!



Grama verde

Mais verde

Que o verde

Da minha esperança



Grama vasta

Mais vasta

Que a vastidão

Dos meus sonhos



Faço de ti minha cama,

Grama verde e vasta

Afasta de mim o stress

Ao invés de nervosismo

Me dá calma

Acalma meu corpo

E minha alma.



Ahhh, grama verde e vasta!

Hoje você me basta!

(Lola)

Trazendo um recado


       Pastora Louraini Christmann (Lola)

       nos inícios da década de 1990)



1-     Vocês me dão licença um momento

Eu quero a vossa atenção

Para falar um pouquinho

Do que está cheio meu coração

É um papo muito sério

Não é qualquer coisa, não.



2 –Eu já falo há muito tempo

Mas parece que ninguém escuta

Eu falo, eu grito, eu berro

Mas tão poucos entram na luta

E temos que começar logo

Não é fácil a disputa



3 – Gente, por favor, acordem

Querem alagar tudo isso aqui

É uma coisa muito doida

Um troço que eu nunca vi

Não é só lá longe, não

Também em Alpestre e Irai

            (justamente por aí)



 4 – E é em nome do progresso

Que querem fazer isso tudo

Mas há outras alternativas

Tantas barragens é um absurdo

Nós já falamos há tanto tempo

Mas o governo parece surdo.



     5 – Dá pra fazer energia

Usando energia solar

Até mesmo a força dos ventos

A gente pode aproveitar

Dá pra fazer pequenas barragens

Sem tanta terra alagar



6 – Podemos fazer um projeto

De energia bem maduro

É só amar o Brasil

E o colocar no seguro

E teremos um progresso

Para todos, no futuro.




quinta-feira, 15 de março de 2012


História Ferida - Lola


(18/09/89, no movimento das comunidades

atingidas pelas barragens no vale do Rio Uruguai)



1 – Sem perguntar pra nós

Se a gente queria ou não

Se a gente podia ou não

Se a gente vivia ou não

O plano surgiu

Se definiu

E desferiu o golpe

De morte no nosso mundo



2 – E o nosso mundo tão nosso

Que a gente fazia tão bem

Que a gente sorria tão bem

Que a gente vivia tão bem

Chacoalhou

E derrubou o sonho

Risonho de ter história



3 – Mas a nossa história ferida

A gente defende na luta

A gente compreende na luta

A gente empreende na luta

Pra que o plano derrotado

Acabado

Seja levado ao fracasso

No compasso da organização



4 – E nossa organização

A que a gente está ensaiando

A que a gente está sustentando

A que a gente está treinando

Faz deste plano de barragens

Uma bobagem

Que a mensagem da vida

Invalida

Na base da fé.


terça-feira, 13 de março de 2012


Se busco mais...



Se busco mais liberdade

É porque sei

Que mais há

Ademais

Mais liberdade

Nunca é demais!



Se busco mais dignidade

É  porque sei

Que mais há

Ademais

Mais dignidade

Nunca é demais!



Se busco mais solidariedade

É porque sei

Que mais há

Ademais

Mais solidariedade

Nunca é demais!

sábado, 10 de março de 2012



 






Encarar a cruz de Jesus

(in A  Vida em Poesia, pág. 52)



Olhar pra cruz

É ter que reconhecer

Que ela tudo tem a ver

Comigo

E contigo



Encarar a cruz

É ter que perceber

Que ela tem algo a dizer

Pra mim

Pra ti

Pra nós, enfim.



E vivenciar a cruz

É crer

Que o crucificado morre

Ao meu lado

Ao teu lado

Ao nosso lado

Para que ele possa viver

Ao meu lado

Ao teu lado

Ao nosso lado

Ressuscitado!





(Louraini Christmann, Lola)




Oiiii! Que bom que estás aqui comigo. Valeu!

Oiiii! Que bom que estás aqui comigo. Valeu!
Muito obrigada pela visita. Volta!